quarta-feira, 19 de setembro de 2012

ARANCUÃS, JACUS e MUTUNS (Cracídeos)

ARANCUÃS, JACUS e MUTUNS (Cracídeos) São aves grandes ou médias, que lembram galinhas. Vivem em mata e capoeira e a maioria é arborícola. Diversas espécies são alvo de caça.

ARANCUÃS DO PANTANAL Ortalis canicollis

ARACUÃS (Cracídeos) São aves grandes e médias que lembram galinhas. Vivem na mata e capoeira e a maioria é arborícola.



Localmente comum em cerradão, mata de galeria e áreas abertas vizinhas, no Pantanal. Freqüenta tanto o chão quanto as copas. Face nua, barbela rósea. Cabeça e pescoço cinzentos, amarronzado por cima, cauda escura, penas externas com ampla ponta ferrugínea, visível em vôo. Peito acastanhado, barriga mais clara. Em bando de até 20 aves, tem o grito inconfundível, potente e rouco, o casal faz dueto e vários casais podem gritar juntos.


CUJUBI (Cracídeos) São aves grandes e médias que lembram galinhas. Vivem na mata e capoeira e a maioria é arborícola.




Razoavelmente comum na mata, cerradão e capoeira (sobretudo no Pantanal). Bico e face nua parcialmente azul claros. Pernas vermelhas, barbela vermelho vivo com mento azul escuro no pantanal do norte e barbela azul mais longa azul clara no pantanal do sul, as duas formas hibridizam em regiões intermediárias. Cor em geral preta, cristas e nuca brancas, mancha branca bem visível nas asas. Em pequenos bandos, pousam em lugares abertos, geralmente bem cedo.






MUTUM DE PENACHO Crax faciolata


MUTUM DE PENACHO (Cracídeos) São aves grandes e médias que lembram galinhas. Vivem na mata e capoeira e a maioria é arborícola.


Raro a comum em cerradão , mata de galeria e capoeira, as populações foram reduzidas pela caça e atualmente só é numeroso no pantanal. Ambos os sexos tem crista bem visível de penas enroladas. 




O macho com cera a base do bico amarelo vivo. Todo preto, barriga branca, penas externas da cauda com pontas brancas. A fêmea com crista bicolor. Por cima preta riscado de branco, exceto pescoço, cauda d com pontas brancas, barriga cor de canela terrícola, refugia se em árvore se assustado. Em casal ou bandinhos, como frutos caídos.

Nenhum comentário: